Notícias

TAMANHO DO TEXTO

Carta aberta a população

Postado em 24/06/2014 às 12:58:14

Interação:

VAMOS À GREVE PARA EXIGIR MUDANÇAS URGENTES NA GESTÃO DA CASAN

Os (as) trabalhadores (as) da Casan estão em ESTADO DE GREVE desde o dia 10 de junho. A partir da zero hora de 26/06, entram em GREVE por tempo indeterminado, conforme deliberado em assembleia realizada no dia 10/06. Tal medida é uma forma de protesto contra o descaso da Diretoria da empresa com as reivindicações apresentadas  pelas categorias.  Além das questões de natureza econômica, as categorias lutam para implementar  uma reestruturação administrativa e organizacional na  empresa e por uma gestão técnica e eficiente, que entre outras medidas envolve:

1 - Redução do número de diretorias/assessores e funções comissionadas;

2 - Qualificação da Gestão com definição de um perfil técnico para ocupação dos cargos de diretoria e de funções comissionadas;

3 - Contratação imediata de no mínimo 250 novos empregados (as) concursados(as), para os serviços essenciais de operação e manutenção dos sistemas de água e esgoto;

4 – Reestruturação das Superintendências e Agências Regionais;

5 - Eleição de um Diretor Executivo da empresa, nos termos da Constituição Estadual;

6 - Fim das terceirizações dos serviços nas áreas fins da empresa e contratação de pessoal através de concurso público;

7 - Revisão do Plano de Cargos e Salários (PCS), com descompactação da escala salarial e elevação das faixas salariais;

Há muito tempo estamos defendendo o fortalecimento da Casan Pública e lutamos por uma gestão séria, eficiente e sem interferência política, com melhorias urgentes na prestação de serviços para toda a sociedade catarinense.

Solicitamos a compreensão da população neste momento e comunicamos que os serviços essenciais serão mantidos.

ÁGUA É VIDA, PRIVATIZAÇÃO DA ÁGUA É CRIME. SANEAMENTO É SAÚDE PÚBLICA

Florianópolis, 17 de junho de 2014

SINTAEMA, SENGE-SC, SAESC, SINCÓPOLIS, SINTEC-SC, SINDECON.

 

 

Últimas notícias

+ Ver todas as notícias